Doe
login

Projetos Apoiados Informa PHI

Desenvolvedores de plataforma do Phi ganham menção honrosa da USP

Tiago, Matheus e Guilherme são os autores do novo Sistema Phi de Gerenciamento

Inovadores e cheios de propósito, eles acabam de se formar em Engenharia de Computação pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e conquistaram uma menção honrosa da banca examinadora de seu Trabalho de Conclusão de Curso – TCC. O projeto apresentado? A reformulação do Sistema Phi de Gerenciamento, ou SPG para os íntimos: a plataforma do Instituto Phi de cadastro, comunicação e avaliação dos projetos sociais apoiados.

Quando decidiram que seu projeto final ia se propor a causar algum impacto social, Guilherme Migliati de Oliveira, de 23 anos, Matheus de Oliveira Andrade, de 22, e Tiago Santa Maria Rodrigues Marto, de 24, procuraram organizações sociais e acabou acontecendo o “match” com o Instituto Phi.

De início, eles focaram em implementar todas as funcionalidades que o sistema antigo possuía no sistema novo, dando atenção especial a mudanças no design da plataforma que melhorassem a usabilidade e a experiência do usuário, principalmente na parte de preenchimento de cadastros das organizações e dos projetos.

O trio criou também funcionalidades novas que aumentassem a produtividade do time de analistas na plataforma, como melhorias no design e a adição de uma funcionalidade de geração automática de relatório de projetos. O novo SPG entra no ar em breve.

Os jovens engenheiros acreditam que conquistaram a menção honrosa porque a banca gostou das metodologias envolvidas, mas principalmente porque valorizam os projetos de formatura que se apliquem a problemas reais.

“Me senti de fato cumprindo meu papel de engenheiro e, além de aprender sobre desenvolvimento de sistemas, aprendi sobre o Terceiro Setor e sobre filantropia, enxergando através do Phi a diferença que este trabalho faz na vida das pessoas e as necessidades e dificuldades do setor”, diz Guilherme.

“Foi uma grande experiência. Pelo nosso desenvolvimento como engenheiros, já que trabalhamos no projeto desde a definição dos requisitos até a arquitetura e implementação, mas também pelo contato com o Phi e por saber que o resultado do nosso projeto envolve impacto social”, ressalta Matheus.

“Não só foi possível validar o método de levantamento de requisitos que estávamos utilizando, mas também gerar um projeto tomando próprias decisões e ver isso gerando valor para o Phi é muito gratificante”, conclui Tiago.

Vigência: , , .

O sol na cabeça

Em “O sol na cabeça”, Geovani Martins narra vivências de moradores de favelas do Rio de Janeiro. Os 13 contos presentes no livro expressam com realidade os sentimentos, as características e os desafios de crianças e jovens nascidos e criados nas comunidades.  

Por meio de uma linguagem própria, as histórias possuem personagens diversos e abordam alguns problemas sociais como a violência, o preconceito, além do “abismo que marca a fronteira entre o morro e o asfalto na Zona Sul”. Phica a dica! 

Vigência: .

Cinco tendências para a filantropia em 2022

Nos últimos dois anos, vimos uma crescente convicção de que nossa democracia exige que trabalhemos juntos – governos, organizações sociais, empresas, cidadãos. Mas como o Terceiro Setor está evoluindo em resposta às necessidades da sociedade? A seguir, listamos cinco tendências da filantropia que abrem caminhos para aumentar o impacto social em 2022:

1) Crescerão os investimentos flexíveis, ou seja, desvinculados de projetos específicos, disponíveis para serem usados a critério das próprias organizações sociais. Essa flexibilização do dinheiro permite a prática da resiliência em situações de risco à sustentabilidade de uma organização e garante resultados mais amplos, profundos e estruturais.

2) A grande transferência de riqueza dos baby boomers para seus herdeiros continuará. E a nova geração está ansiosa para se envolver na filantropia, com novas ideias, desejos e demandas para a redução das desigualdades.

3) A pauta da justiça racial ganha um lugar central: pandemia de Covid-19, insegurança econômica, episódios de racismo e retrocessos na política brasileira acentuaram a urgência da luta do setor filantrópico, com o desenvolvimento de programas e estratégias antirracistas.

4) Vamos continuar a ver um aumento incrível da análise de dados de forma ética e consciente para a medição do impacto social, visando o aperfeiçoamento de projetos e o melhor uso dos recursos financeiros para a transformação social.

5) Transparência e responsabilidade socioambiental serão cada vez mais importantes no universo corporativo: as empresas também serão cada vez mais solicitadas a responder não apenas aos investidores, mas aos seus funcionários, clientes e sociedade em geral.

Vigência: , , , , , .

Guia de Gestão de Pessoas no Terceiro Setor

Como recrutar profissionais qualificados e montar uma boa equipe? Pensando em colaborar com o desenvolvimento das organizações sociais, o Instituto ACP e o Instituto IDIS produziram o Guia de Gestão de Pessoas no Terceiro Setor.

O primeiro módulo do guia reúne um conjunto de informações, ferramentas e dicas para as organizações formarem uma boa equipe e também repensarem a forma como organizam a gestão de pessoas.

Os outros módulos abordam os seguintes temas: manter uma boa equipe, colocar a casa em ordem e cuidar do clima. Para acessar o módulo 1 completo, clique aqui.   

Vigência: , , .

Boletim Phi: sobre 2021 e nosso compromisso para 2022

Embora desafiador, 2021 também foi esclarecedor. Depois do “teste” no sofrido ano de 2020, o primeiro da Covid-19, pudemos nos certificar de que a cultura da doação está começando a se enraizar na nossa sociedade. Nesta edição do Boletim Phi, apresentamos o crescimento do Instituto Phi no ano e iniciativas empreendidas neste mês de dezembro que potencializaram a cultura de doação e fortaleceram o desenvolvimento comunitário com novas formas de colaboração, conectividade e atuação criativa. Clique aqui para acessar e boa leitura!

Vigência: , , .

Português do Brasil
English (UK) Português do Brasil
Criado e desenvolvido pela Refinaria Design